O arquiteto Antoni Gaudi maravilhou o mundo com sua visão arquitetônica. Sua obra prima está inacabada até hoje e deve demorar ainda muito tempo até ficar pronta, o que sem dúvida alguma não a desqualifica como atração turística. 

Barcelona possui uma riqueza impressionante nas artes. Aqui você pode visitar obras de tirar o fôlego no meio da rua ! Exagero ? Não ...

Fachada da Natividade, quase terminada com Gaudí ainda em vida,

Los Barcelona é uma cidade com muitos atrativos. O sucesso do time de futebol é apenas um dos motivos para visitar Barcelona. Se for possível, assista a um joguinho, mas existem muitas outras atrações interessantes.

O Templo da Sagrada Família, é uma obra de arte em cada sentido da palavra. Ainda que seu término seja estimado para além de 2026 e Gaudi tenha trabalhado nela por 40 anos, esta obra é sem dúvida o ponto alto de sua obra. Projetada com influência neogótica, Gaudi, modificou o projeto de forma modernista catalã, com a ideia de três fachadas:

Uma cidade repleta de atrações: Barcelona !

a Fachada da Paixão, iniciada em 1952,

e a Fachada da Glória ainda por completar. O projeto é tão ambicioso e grandioso que existem um sem número de lendas e detalhes que só podem ser admirados in loco e que requerem muita atenção e estudo. Uma verdadeira obra de arte a céu aberto. 

Como está em construção, você deve conviver com as obras em andamento em sua visita. Vale cada segundo que você puder passar lá dentro. Absolutamente imperdível.

A influência de Gaudi pela cidade possui ainda outros pontos de apreciação. Construções únicas que deixarão você perplexo com tamanha criatividade. 

Um exemplo disso é o prédio La Pedrera (Casa Milà), que desafia o conceito de ângulos e linhas retas. O nome já te dá uma ideia do se pode encontrar, mas sem dúvida é impressionante se deparar com tamanha forma diferente de enxergar o mundo.

Se você já ficou impressionado com estas obras, e pensa que mais nenhuma obra desse autor poderia lhe surpreender, não se precipite. 

Você ainda, sem dúvida, precisa ver a Casa Batlló. Também conhecida como A Casa dos Ossos por sua forma lembrar um crânio, esse construção chama a atenção por sua beleza e raridade, abrindo impressões e possibilidades em um mundo coberto por mesmas ideias. Será que realmente as coisas tem que ser tão iguais ?

Quando você estiver cansado e precisar descansar, escolha mais uma obra impressionante deste mestre da arquitetura chamada o Parc Guell ou Parque Güel. 

Este parque urbano possui elementos arquitetônicos e formas completamente únicas e fica situado no distrito de Gràcia da cidade de Barcelona, não muito longe do Tibidabo.  Foi classificado pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade em 1984.

Existem ainda outras obras de Gaudi na cidade, como Casa Vicens, Casa Calvet, Torre Bellesguard, Portal Miralles, etc. . Fique a vontade para descobrir mais sobre estas obras, mas as mais conhecidas estão acima.

Outro grande artista que catalão que pode ter suas obras visitadas é Juan Miró. O museu (Fundacion Joan  Miró) é bastante interessante no Parque Montjuic. 

Não está aberto todos os dias, portanto se informe antes de sair do hotel para lá, para evitar surpresas desagradáveis. Aliás essa é uma dica que se aplica a todos os passeios em lugares específicos, como museus. Eu já dei de cara algumas vezes com o local fechado. E não deixe pro dia, porque pode ser seu último dia no local e ser justamente o dia que você tinha deixado pra visitar um lugar importante. Verifique com antecedência que dias está aberto e de que horas a que horas.

Na mesma região do Parque Montjuic, você pode encontrar o Poble Espanyol, que nada mais é que um museu a céu aberto composto de 117 edifícios em escala, o que o torna uma aldeia ibérica real com ruas, 

casas, parques,

teatro, escola,

restaurantes e oficinas de artesanato. 

O museu foi construído em 1929, para a Exposição Internacional de Barcelona como uma síntese arquitetônica e cultural da Espanha. 

Ainda nessa área podemos visitar o Anel Olímpico que é o grupo de instalações desportivas onde foram as Olimpíadas de 92.

Aqui ainda fica o MNAC (Museu Nacional de Arte da Catalunha) e a Fonte Mágica. Este museu possui importantes obras de arte românica, do Renascimento, Barroco e Moderna, além de obras de outros artistas como Antoni Gaudi.

Uma boa opção para experimentar Montjuïc, no verão é ir assistir filmes que são projetados diretamente na parede do Castelo de Montjuïc que era uma antiga fortaleza e virou um museu militar.

A Plaça d'Espanya é uma das mais importantes praças de Barcelona, fica no pé de Montjuïc é a junção de várias vias principais. As Torres de Veneza ficam aqui e são uma das vistas mais famosas da cidade.

Outro museu muito concorrido é o Museu Picasso. O museu apresenta inúmeras obras da fase Azul, cerâmicas e obras de influencia impressionista. Pode não ser muito interessante para pessoas que não conheçam muito suas obras menos populares.

E mais:

 

A Casa Museu Gaudi fica na residência onde Gaudi viveu até poucos meses antes de morrer. Em dezembro de 1926, foi vendida para financiar a construção da Sagrada Família e depois transformada em museu. Há uma coleção de mobiliário desenhado pelo arquiteto para diferentes casas, além de azulejos.

O Palau de la Musica Orfeó Català é o teatro em estilo Art Nouveau, cheio de vitrais e com colunas estampadas fazem a alegria dos olhos e criando uma atmosfera muito interessante.

As Ramblas dispensam qualquer tipo de apresentação, pouco mais de um quilometro cheio de charme e atmosfera de Barcelona. Fica no coração da cidade, entre a Avenida mais famosa da cidade - Diagonal (que divide a cidade, portanto não use como ponto de referência) . Aqui existe muito comércio com barracas, cafés, restaurantes, bares e performers de rua, tudo acontecendo ao mesmo tempo. Muito cuidado, aqui é a região de Barcelona, onde mais "batedores de carteira" se concentram. Muito cuidado com seus pertences, desconfie de quem pergunta ou chega muito próximo, mas fique de olho no caminho que vale muito a pena.

e a estátua de Colombo (Colón).

As lojas de grife podem ser encontradas nessa região (entre o Passei de Gràcia e a Diagonal). É uma boa região para compras. Aliás, o Passeio de la Gracia é uma importante via em Barcelona, ​​que além das lojas, restaurantes e bares possui várias obras arquitetônicas de Gaudí. Vale o passeio.

Museu Salvador Dali. Este museu fica numa casa onde Dali morou, fica em Figueiras, muito próximo de Barcelona. Para os admiradores de Salvador Dali, é um programa muito interessante.

Mercat Municipal de la Boqueria, É um mercado tradicional nas Ramblas cheio de iguarias, frios pendurados, verduras fresquinhas, chocolates, frutas secas, etc.

O Bairro Gótico é o centro da antiga cidade de Barcelona. Ele se estende a partir de La Rambla a Via Laietana, e da beira-mar Mediterrâneo a Ronda de Sant Pere. 

É uma parte do distrito de Cidade Velha.

Muitos dos edifícios datam de tempos medievais, alguns de tão longe para trás como o assentamento romano de Barcelona. Vestígios da  Muralha Romana podem ser vistos.

El Call, o bairro judeu medieval, está localizado dentro desta área também.

Uma tarde em Montserrat ( a 50 km de Barcelona) oferece uma rica e variada paisagem: um parque natural e Santa Maria de Montserrat e a Abadia dos Beneditinos onde você pode visitar a Virgem de Montserrat, a Madona Negra.

La Seu, uma bela catedral gótica com vitrais antigos, causando uma bela visão.

O Camp Nou é mais uma atração turística de Barcelona. Você pode fazer um tour do estádio  que lhe dá acesso aos vestiários e para o museu interativo. Se quiser ir a um jogo as bilheteiras do estádio ou a compra on-line  podem ser uma opção (www.footballticketsbarcelona.com).

O Tibidabo tem uma vista singular de Barcelona, e possui um bondinho que te leva até a montanha.  Na base do furnicular há também um bar com uma vista muito agradável. Não deixe de visitar a igreja bizantina no topo. Há ainda algumas trilhas simples e um parque de diversões.

O Parque da Ciutadella está localizado perto do porto. Possui jardins e um ex-Arsenal, que é hoje o edifício do Parlamento catalão. Há uma cachoeira que teve também a mão de Gaudi. A cascata tem esculturas de cavalos e dragões alados. O pano de fundo da fonte é um arco triunfal que é coberto com uma escultura de um carro tripulado por quatro cavalos. Há ainda um lago, e muitas esculturas ao ar livre. O jardim zoológico de Barcelona fica aqui.

Grande Teatro do Liceu, é muito luxuoso e apresenta espetáculos de ópera e balé.

Port Vell é um porto beira-mar que foi construído como parte de um programa de renovação urbana antes dos Jogos Olímpicos de Barcelona de 1992. Antes era uma área degradada de armazéns vazios, pátios ferroviários, e fábricas. Hoje é ume atração turística, contendo o 

Maremagnum (um shopping contendo lojas, um cinema multiplex, bares e restaurantes). Aqui temos o maior aquário da Europa. 

A passarela de pedestres, Rambla de Mar, conecta La Rambla para Port Vell. Ele possui uma ponte suspensa, a fim de permitir que os navios entrem e saiam do porto.

La Barceloneta é um bairro da Ciutat Vella. O bairro é banhado pelo Mar Mediterrâneo,

Torre Sant Sebastià e é o término do Port Vell Aerial Tramway, ele conecta La Barceloneta com Montjuïc através do Port Vell. 

Ela é conhecida pela sua praia de areia e seus muitos restaurantes e discotecas ao longo do calçadão.

Eu ainda não vi uma pessoa que tenha visitado Barcelona, que não fale da cidade com um sorriso nos lábios. Vamos experimentar ?